Natural

O medo aguçava seus sentidos mas entorpecia sua mente. Sua audição lhe permitia saber que eles estavam próximos. Sua visão lhe permitia saber exatamente que eles se posicionavam em pontos estratégicos para encurrala-los.

Faça parecer seleção natural.

Sua mente perturbada o impedia de pensar. Ele não sabia ou não lembrava que naquele momento a preservação natural, mais conhecida como seleção natural, estava em ação. Não lembrou que a luta pela sobrevivência entre animais que compartilham o mesmo habitat ajudava a explicar como formas complexas, se formaram através de outras mais simples por uns poucos princípios básicos. Não, naquele momento apenas o medo o guiava, ou existiria algo mais, talvez instinto?

O cenário estava montado. O grupo maior acabava de chegar no que parecia ser uma emboscada. O grupo menor esperava calmamente, sabendo que os outros deveriam passar por aquela localização e isso lhes daria uma vantagem.

O grupo maior não conseguia se defender corretamente, mesmo estando em um numero 100 vezes maior. Será que eles sabiam da força que possuíam juntos?

O grupo menor sabia de seu poder, sabia de sua obrigação e estava sedento. Olhavam para o rebanho e imaginavam o deleite depois de conseguir o que queriam.

A sede e o medo estavam juntos. Um paralisando, o outro motivando.

O grupo maior se aproxima e o menor ataca. Ninguém olha para trás, todos olham apenas para frente, se agarrando a vida, se agarrando a liberdade e esquecendo os irmãos que estavam juntos. Eles foram sacrifícios necessários.

O grupo maior continua o caminho quase sem perdas. Em números relativos nada aconteceu. Um individual pode ser descartado para o bem maior. O utilitarismo vence e a vida continua para a maioria.

O grupo menor conseguiu mais uma vitória, e agora se prepara para o próximo ataque em outro grupo. O brilho nos olhos é forte, eles não sentem prazer, mas precisam viver e aquela é a única maneira que acharam.

O próximo ônibus chega, os passageiros se dirigem ao portão e os panfleteiros esperam para mais um ataque.