Sonho de Criança

Aquela era a brincadeira que eles mais gostavam, algumas vezes esperavam o dia todo por aquele momento. Ele como pai lia os contos de fadas e ela como filha escutava atenta a cada doce palavra pronunciada.

A arte de sonhar

A arte de sonhar

A história escolhida naquela noite foi a Bela e a Fera. Ele se posicionou com o livro nas mãos, aquele era o momento dele, sentiu os dedos tocarem as páginas, sentiu os olhos dela olharem vibrantes para ele e começou a leitura. A cada palavra pronunciada o faz de contas dentro do faz de contas os envolvia.

Ela prestavam muita atenção, mas sempre ficava com muitas dúvidas… Por que não é o Belo e a Fera? Será que um homem belo seria capaz de amar uma mulher forte? Por que o filho não se sacrificou pelo pai? Por que precisava ser a bela e não as outras filhas? Tem que ser bonita para ser a personagem principal?

Estas perguntas permaneciam no ar como tantas outras que ela se perguntava. Por mais que ela adorasse os contos de fadas ela tinha crescido no mundo real e algumas coisas não faziam sentido para ela…. Por que a família não era feliz se tinham uma casa e comida? Por que era preciso ter tanto dinheiro? Por que uma rosa valia mais que uma vida?

A leitura terminou e ele cumpriu seu papel naquela noite. Levo ela até a cama e a colocou para dormir. Deu um beijo de boa noite e saiu sem fazer barulho para a cama ao lado e imaginou quantos criam o mesmo faz de conta que eles.

Amanhã ela seria a mãe lendo e ele o menino… Ele seria colocado na cama e por um momento não estaria no orfanato.